Na Internet, o nome de domínio é na verdade a sua identidade. Independentemente da área do seu negócio ou atividade, é através do nome do seu domínio que as pessoas em geral e os seus clientes em particular, o vão encontrar a si, aos seus produtos e aos seus serviços.

Neste sentido, o processo de escolha do seu nome de domínio torna-se crucial, para definir a forma como a sua empresa ou atividade se apresenta online e de que forma os seus potenciais clientes vão ter a real perceção da sua marca.

Nesta perspetiva, compilamos as 7 principais regras e dicas para escolher o seu nome de domínio perfeito e adaptado aos seus objetivos, para que inicie todo este processo na direção realmente certa.

 

1 – Pense no seu público-alvo, os seus visitantes e potenciais clientes

Tal como na criação e estruturação de todo o conceito do seu negócio ou atividade, também a escolha do seu nome de domínio deve-se enquadrar na análise e identificação do seu público-alvo. Não escolha um nome de domínio apenas porque gosta ou porque está na moda.

Mas sim, escolha um nome de domínio que sabe que os seus potenciais clientes gostam e que, de forma objetiva e atraente, defina o seu negócio, os seus produtos e serviços. Comece o seu processo de escolha do novo domínio com base em 4 ou 5 palavras-chave que descreva o seu negócio, eliminando mais tarde aquelas que não estão disponíveis como domínio ou que não sejam tão relevantes.

 

2 – Que seja único e exclusivo

O seu nome de domínio representa uma parte importante da sua empresa ou organização e, idealmente deverá ser o mais singular e único possível. Não escolha um nome que se possa confundir com a sua competição, nem use nomes plurais de domínios que já existem, pois dessa forma poderá perder tráfego e visitas no seu website, tendo em conta que muitos visitantes estarão à procura do domínio singular que já foi registado anteriormente.

 

3 – Que seja memorável e fácil de lembrar

De um modo geral é aconselhável escolher um nome de domínio curto, visto que, quanto mais curto for, mais fácil será de relembrar e digitar nos motores de busca ou no navegador de internet.

Por outro lado, quanto mais letras o seu domínio tiver, mais possibilidades existem de os seus potenciais clientes se enganarem ou se esquecerem. Do ponto de vista do marketing, o fato das pessoas se lembrarem do seu domínio com facilidade, representa um importante recurso para as suas futuras campanhas.

Quando as pessoas encontram o seu website na Internet, gostam e memorizam o seu nome, um passo muito importante é dado, no sentido de obter tráfego gratuito futuramente e difusão oral e escrita do seu negócio ou atividade.

 

4 – Evite infringir os direitos de autor

Tenha especial cuidado para não escolher um nome de domínio que corresponda a um nome ou uma marca registada. Antes de registar o seu domínio, faça uma pesquisa para tirar qualquer dúvida.

O risco de mais tarde vir a ter algum problema jurídico com uma escolha errada do nome do domínio, na realidade não compensa, é pois preferível evitar tal situação.

 

5 – Evite números e hífens

Números e hífens são na realidade confusos e não desejáveis. A não ser que o seu negócio se identifique claramente com um número ou tal número faça parte da sua marca, aconselhamos a não o utilizar. Os nomes mais reputáveis e memoráveis utilizam apenas texto.

Por outro lado, a utilização de hífens vai tornar o nome mais longo e mais difícil de lembrar, para além de propiciar erros na digitação e, consequentemente, maior dificuldade para os seus clientes o encontrarem.

 

6 – Prefira domínios com extensões mais comuns e que apresentam credibilidade

Existem vários nomes de domínio de 1.º nível (.com, .net, .org, .biz), contudo, aconselhamos a utilização de um domínio .com, considerando que é o mais usado para fins comerciais, ganhando ao longo do tempo um acrescido nível de credibilidade e sinónimo de profissionalismo.

No caso de negócios e atividades restritas a um país, como por exemplo Portugal ou Brasil e caso não tenha a perspetiva de internacionalização, será aconselhável um domínio com as extensões .pt e .com.br respetivamente.

 

7 – Privacidade

Muitas empresas que operam no mercado de registos de domínios disponibilizam o serviço de privacidade de domínio, que significa que a empresa substitui a pessoa que regista o domínio, sendo que na base de dados WHOIS não vão aparecer os dados pessoais da pessoa, mas sim, os dados da empresa a quem foi adquirido esse serviço.

Naturalmente, este serviço é mais indicado para pessoas individuais que não pretendam que dados como o seu contato e morada sejam públicos, representando contudo um custo acrescido.