Nos dias de hoje, tomar a decisão sobre qual a empresa e plano de alojamento a escolher para alojar o seu website, pode efetivamente tornar-se numa tarefa árdua.

Quando escolhe um alojamento, está a investir num provedor de serviços que irá gerir e será responsável pela vertente online do seu negócio ou atividade, nomeadamente e na maioria dos casos, pelo seu website e contas de correio eletrónico.

Esta realidade assume ainda maior importância se o seu negócio se baseia em vendas online e respectivo suporte ao cliente. Se a plataforma online não apresenta uma boa performance, isso poderá corresponder a diminuição do volume de vendas, má experiência para os seus clientes e perda de valioso tempo que poderia ser utilizado em outras tarefas produtivas.

Neste guia vamos apresentar os principais aspetos que deverá ter em conta, para uma tomada de decisão informada aquando da sua escolha de uma empresa de alojamento para o seu website.

 

1 – O preço do Plano de Alojamento

Este costuma ser o primeiro fator que é levado em conta aquando da escolha do alojamento web, contudo, advertimos para o fato de que este não deverá ser o fator decisivo. Escolher a opção mais económica não é necessáriamente a melhor idéia.

Existem empresas que cobram 2€ por mês e outras cerca de 100€ por mês. Esta diversidade é explicada pelas características e qualidade do serviço, a performance dos servidores e o apoio e suporte ao cliente.

Por outro lado, haverá que ter em consideração, que não obstante ser suficiente para a generalidade dos negócios online utilizar um plano partilhado, outras opções se colocam dependendo do negócio: servidores dedicados, servidores virtuais (VPS), servidores cloud, entre outros.

 

2 – As Características técnicas e limitações do serviço

A melhor abordagem para começar será avaliar o seu próprio negócio, quais os objetivos que pretende para a sua presença online e que conteúdo pretende disponibilizar no seu website.

Se pretende alojar um site de comércio eletrónico, um blog com conteúdo rico em artigos, imagens e vídeos, não deverá escolher as opções e planos mais baratos. Os planos mais baratos não disponibilizam a capacidade de memória, espaço em disco e velocidades de processador que permitam correr estes website de forma optimizada, o que poderá levar a períodos em que o website está em baixo e problemas de velocidade e performance.

 

3 – O Suporte técnico e Apoio ao Cliente

Este é um dos fatores essenciais que deverá ter em conta na sua avaliação e escolha. A empresa de alojamento que escolher, deverá possuir não apenas um suporte email ou helpdesk, mas também um suporte telefónico.

Desta forma terá garantias de que conseguirá contatar uma pessoa real, caso surja um problema técnico mais grave. O suporte de 24 horas, 7 dias por semana e 365 dias por ano é um fator de extrema importância, caso os problemas apareçam fora do horário normal de expediente.

 

4 – A Escalabilidade

Neste momento o seu negócio ou atividade está perfeitamente definido e sabe o que necessita para o colocar em prática. No entanto, com o decorrer do tempo as necessidades mudam e provávelmente até irá expandi-lo.

Por esta razão, tenham em consideração este fator quando escolher o seu plano de alojamento, analisando a escalabilidade do mesmo, nomeadamente quanto ao espaço em disco, memória RAM, número de caixas de correio eletrónico limite, tráfego mensal limite e outras caraterísticas técnicas que mais tarde poderá se arrepender de não ter escolhido devidamente.

 

5 – Satisfação dos clientes e reputação

Se seguir os passos acima descritos, estará em boa posição para fazer uma escolha muito mais informada e realista. Ainda assim, antes de se decidir, faça uma pesquisa sobre a empresa em causa, nomeadamente no Google e redes sociais.

Recolha informação sobre o que os clientes dizem a respeito dessa empresa e do serviço prestado, se é fácil contatar o suporte técnico, qual o tempo que levam a responder e qual a reputação geral dos mesmos. Desta forma, estará munido de informação fulcral para a sua tomada de decisão.